Dúvidas, 258

 

Dúvidas

Porque as temos tantas

Essas companheiras da incerteza

A vida traz não só quantas

Perguntas de toda natureza

 

Longe de ser ruim ter dúvidas

A minha, a sua, as nossas todas

Todas justas em nossas vidas

Mais do que justas, por nós mesmos havidas

 

A dúvida maior; da existência

Levamos ao túmulo sem entender

Desde o nascer na nossa vivência

Buscamos o sentido na vida se crer

 

E a dúvida pior, aquela mais ingrata

A falta de fé, demorada a entender

O que é acreditar mesmo sem ter visão exata

Crer em Deus Pai, real em nosso ser

Quinto Zili

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s