Padroeira, 312

Padroeira

Maria Mãe querida!

Anjo maior desta vida

Geraste o príncipe do amor

Criaste o rei deste planeta

 

Não houve fogos nem trombetas

Mas sim o anúncio pelas estrelas

Deus assim pôs em prática

Plano maior a salvar todas ovelhas

 

Vosso filho Cristo, Padroeira

Que comanda esta Terra prometida

Só quem vos chama de mãe verdadeira

Tem amor tão grande, sem medida

 

Somos vossos filhos ausentes de paz

Todos carentes a vos chamar

Clamando pela vossa ação tenaz

Que todo mal desfaz ao vosso simples olhar

Quinto Zili

Amigos II, 140

Amigos II

Quantos amigos podemos ter

O universo pode estar cheio deles

Quantos inimigos podemos haver

No universo criamos todos eles

 

O tom numa conversa qualquer

O olhar lançado mais duro

O pensamento criado alter

A ver inimigo no escuro

 

Faísca do mal, bem fácil aparece

Vem do nada , surge espontânea

Tememos por ela, fugimos com prece

Sem quase domínio, espalhando cizânia

 

Faísca do bem, gerada no amor

Condição de quem fala pelo coração

Tememos não tê-la; dificuldade interior

Domínio do bem quando entra em ação

 

Entre o bem e o mal que podemos gerar

Deus nos deu o arbítrio para a evolução

Ao julgarmos tudo no viver e criar

Vemos que Ele não julga; mas assim faz nosso coração

 

Amar o próximo como a ti mesmo.

Quinto Zili