Vida

Nas lacunas que me meço
Feito passo dado em falso
Tempo mostra o meu acesso
Arquivo em meu encalço

Não aprendi ainda a olhar 
Para o passado que fiz construído
Mas me pego às vezes a imaginar
Quem já fui e com quem estive envolvido

Graças a Deus não temos a lembrança
Quem já fui, padre ou inquisidor
Hoje sou tudo de longa herança
E nada também, agradeço ao Senhor

Mas vê comigo em gesto de humildade
Para acessarmos o HD do imenso trajeto
Bem aventurados quem tem no coração só bondade
Quem percebe que a vida é assim grande projeto

Ficar em paz agora e sempre
Lutar por dia no que vem bem dosado
Aceitar bendita a tarefa do ventre 
Porque sempre parimos nosso próprio legado

Amém

133

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s