Nome da flor: Vida

Toma essa flor pra ti minha irmã, meu irmão; ela se chama Vida.

Percebe seu perfume.

Todo dia de manhã te acordarás lembrando como é o sentir o aroma bom da Vida.

Seu caule fino onde a seguras pela mão é cheio de espinhos, porque é de sua natureza,  mas isso não diminui em nada sua beleza.

Se achar difícil segurá-la lembra-te que só há um jeito, com suavidade e firmeza, com certeza junto ao peito.

Onde tuas mãos a tocarem ela sentirá tua intensão, e se for com pensamento firme e com amor, cada espinho se transformará e te mostrará como seu caule é gostoso de segurar, sem dor.

Suas pétalas, essas se abrem todo amanhecer e só se fecham ao anoitecer ou se você optar pela tristeza. Isto mesmo, teu olhar para ela é que a alimenta com certeza.

Regue-a sempre com a água da paz do teu coração e adube-a sempre com o sorriso do teu olhar como oração.

Aceita essa flor com o nome Vida como meu presente. Cuide bem dela como se fosse o último que você fosse receber. E acredita que essa Vida te trará sempre algo melhor ao teu ser.

E sua beleza será tanto maior e imensa se ao plantá-la no teu jardim deixá-la próxima de outras, mesmo de crenças diferentes. Ela irá se sentir bem e terá a sombra das maiores e fará sombra às menores nascentes.

Tome essa Vida como tua  daqui em diante, e não te esqueça que quem te deu te ama como o ser mais importante.

Quinto Zili

277

Nossos pais

Nossos pais

Meus queridos grandes amigos

E seus queridos pais

Quanto tempo se passou

Como eles foram especiais

 

Do mais velho entre nós

Nosso querido Baurú e seu Miranda

Ele nos foi um exemplo de albatroz

Ele dizia enquanto entre nós

Respeitem sua velha, ela quem manda

Tragam o pão da casa com garra

Sejam pais fortes e respeitem a farra

 

Do grande amigo Marcão e seu Jamil

Cuja gargalhada é quase a mesma, digo

Hoje ela soa da garganta do amigo

Seu Jamil olhava e falava como O engenheiro civil

Esteve presente naquela salona na Paulista

Onde juntos estudamos em prol de conquista

Seríamos melhores, esses pais nos diziam como pista

 

E seu José, do nosso querido amigo Goes

Quanto carinho aquele pai dedicou a nós

Seus sanduíches alimentaram nossas famintas almas

Quanta fome naquele quarto da edícula compartilhamos

Quanta vida ali passada enquanto estudamos

Às vezes simplesmente cantávamos para disfarçar

Relaxando, mas suportados por pais a nos amparar

 

Do meu querido pai Octavio

Sei que vocês tem poucas lembranças

Era o mais velho dos pais heranças

Aquele que nos olhava apenas à distância

 

Mas cá entre nós, amigos e hoje pais

Também somos muito do que nossos pais foram

Cada um de nós herdou bons princípios

Que deles nos brotaram como benefícios

 

Rendamos homenagens a nossos amados pais

Lembremos com emoções puras e sinceras

Não se tratam apenas de pobres quimeras

O que nos legaram, caros engenheiros, é concreto demais

Quinto Zili

Nome da flor: Vida, 277

Nome da flor: Vida

Toma essa flor pra ti minha irmã, meu irmão; ela se chama Vida.

Percebe seu perfume.

Todo dia de manhã te acordarás lembrando como é o sentir o aroma bom da Vida.

Seu caule fino onde a seguras pela mão é cheio de espinhos porque é de sua natureza mas isso não diminui em nada sua beleza.

Se achar difícil segurá-la lembra-te que só há um jeito, com suavidade e firmeza, com certeza junto ao peito.

Onde tuas mãos a tocarem ela sentirá tua intensão e se for com pensamento firme e com amor cada espinho se transformará e te mostrará como seu caule é gostoso de segurar sem dor.

Suas pétalas, essas se abrem todo amanhecer e só se fecham ao anoitecer ou se você optar pela tristeza. Isto mesmo, teu olhar para ela é que a alimenta com certeza. Regue-a sempre com a água da paz do teu coração e adube-a sempre com o sorriso do teu olhar como oração.

Aceita essa flor com o nome Vida como meu presente. Cuide bem dela como se fosse o último que você fosse receber. E acredita que essa Vida te trará sempre algo melhor ao teu ser.

E sua beleza será tanto maior e imensa se ao plantá-la no teu jardim deixá-la próxima de outras mesmo de diferentes crenças. Ela irá se sentir bem e terá a sombra das maiores e fará sombra às menores nascentes.

Tome essa Vida como tua  daqui em diante, e não te esqueça que quem te deu te ama como o ser mais importante.

Quinto Zili

 

Compromisso

33

Compromisso

Permita meu Deus que percebamos o que não vemos e sintamos o que não tocamos. Amigos nos ajudam nesta vida e só percebemos muito tempo depois, às vezes uma vida inteira. Combinado algo muito importante lá atrás mas simplesmente  esquecemos de cumprir.

Então a vida de um jeito ou de outro nos põe de quatro e como animal nos portamos submissos e coitados a implorar por aquilo com que já trazíamos e nascemos mas esquecemos de cuidar. Sempre esteve conosco e tornamos a deixar de lado pelas mais toscas conveniências do viver material.

E quantas vidas já vivemos desta mesma forma; combinamos uma coisa e fazemos outra. Dai tornamos a combinar de novo e novamente nos deixamos levar pelas ondas do prazer que nos devolvem à areia da praia. Não conseguimos ultrapassar a arrebentação e assim ficamos.

Os vícios são nossos piores defeitos e temos manias demais.

Como conseguimos não cansar dessa mesmice meu Deus?

Quinto Zili