Porta estreita

Eis que se vislumbra
Já em meio à tumba
Antes tarde que jamais
A tal porta estreita que o Evangelho traz

Isso para quem não entende
Quem vive a vida só material
Que no fundo o viver depende
Do equilíbrio com o nosso espiritual

A porta de que se fala certa
Estará sempre a todos aberta
Parece estreita quando o amor se cala
Mas larga quando a caridade que fala






1635

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s