Começo, 173

Começo

Iniciar e quebrar toda a inércia

Ponte a ser construída

Pensando em sair do fim que começa

E tudo espantar que te impeça a saída

 

Em termos de vida quem para se atravessa

Se for só intervalo cuidar que não dure

Recomeça o trabalho que te enobreça

O tempo não para, melhor te apure

 

O duro começo em tudo é difícil

Mas busca coragem, desejo e vontade

Não se atrapalhe, começa o centil

O primeiro passo é quase a metade

 

Ouvir o chamado é de bom alvitre

Não pense que algum dia esteve sozinho

Há sempre um amigo, não recalcitre

No enlevo de ser pioneiro mesquinho

 

Para o início se dar, se coloque humilde

És engrenagem do todo e não pode falhar

Postura de destaque só terás se te lide

Ao trabalho se entregar, se forjar para amar

 

Começar é amar, trabalhar com Jesus

O chamado é Dele que te conduz

Quinto Zili

Problemas, 275

Problemas

Dependemos deles

Nos afastamos

Evoluímos com eles

Os detestamos

 

Paradoxos

Não os entendemos

Sempre tem os próximos

Às vezes os escondemos

 

E os bons problemas

Melhor seriam

Maldizemos os temas

Quem os queriam

 

Ficam para traz

Os esquecemos

Há um pertinaz

Que desenvolvemos

 

Esse pior, o mais difícil

O da morte

Teu reinício

Boa sorte!

Quinto Zili

Dúvidas, 258

 

Dúvidas

Porque as temos tantas

Essas companheiras da incerteza

A vida traz não só quantas

Perguntas de toda natureza

 

Longe de ser ruim ter dúvidas

A minha, a sua, as nossas todas

Todas justas em nossas vidas

Mais do que justas, por nós mesmos havidas

 

A dúvida maior; da existência

Levamos ao túmulo sem entender

Desde o nascer na nossa vivência

Buscamos o sentido na vida se crer

 

E a dúvida pior, aquela mais ingrata

A falta de fé, demorada a entender

O que é acreditar mesmo sem ter visão exata

Crer em Deus Pai, real em nosso ser

Quinto Zili