Peste, 439

Peste

Forte expressão

Dá medo e dor

Pragas e sofridão

Traz mau cheiro e fedor

 

E não só ser física

Também se referir à moral

Corrupção de ambas

Assolam feito ondas

 

Peste já é palavra feia

Fugir dela que se esconde

Tem pernas e braços longos

Um abraço sem saber de onde

 

Mas temos melhor visão

Os espíritos nos trouxeram explicação

Doutrina reveladora, provedora

Consertos maiores vem como prova expiadora

 

Se é coletiva uma peste é solução

Nada é casual

Tudo tem relação

Em verdade tudo é causal

 

Doutrina trazida pelos Espíritos de Luz

Com Kardec, maestro a codificar

Nos cabe muito agora estudar

É caminho aberto até Jesus

Quinto Zili

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s