Mãe querida, 83

Mãe querida

Quantas vezes depois de sua partida chorei de saudade.

Da falta do seu carinho e de sua bondade.

Como era tranquilo todo o meu dia.

Pois sabia que ao chegar em casa, sua acolhida sempre teria.

Seu beijo, sua benção, suas mãos macias e quentes me tocando o rosto.

Me dizendo sempre palavras de bom gosto.

Queria mãe, voltar no tempo.

Bem criança me lembro, as dorzinhas de barriga que às vezes eram só medos que você pacientemente me ajudava e fazia a enfrentar com um toque, sempre que  me benzia.

Bastava um gemido e seu olhar me acalmava.

No frio seu calor é que me acalentava.

Papai impunha e você encobria.

Mas também era dura porém sempre com brandura.

A coisa melhor da vida, é lembrar da mãe querida.

Não acredito que um ser possa ser indiferente.

Não crer na magia que isso carrega em nossa mente.

Te amo minha mãe e que todas como você e tua fé, sejam abençoadas por Maria de Nazaré.

Quinto Zili

Padroeira, 312

À suprema Mãe neste dia de todas as mães!

MENSAGEM ESPÍRITA, POEMA, PRECE & POESIA

Padroeira

Maria Mãe querida!

Anjo maior desta vida

Geraste o príncipe do amor

Criaste o rei deste planeta

Não houve fogos nem trombetas

Mas sim o anúncio pelas estrelas

Deus assim pôs em prática

Plano maior a salvar todas ovelhas

Vosso filho Cristo, Padroeira

Que comanda esta Terra prometida

Só quem vos chama de mãe verdadeira

Tem amor tão grande, sem medida

Somos vossos filhos ausentes de paz

Todos carentes a vos chamar

Clamando pela vossa ação tenaz

Que todo mal desfaz ao vosso simples olhar

Quinto Zili

Ver o post original