Mentira

Quem nunca mentiu
Não está vivo nesse planeta
Quem da mentira fugiu
Sabe que ela é perneta

Questão de princípios
Moral elevada
Ideais são indícios
De condição avançada

Mentira, do bem ou do mal
Qual a diferença da praga
Da verdade, é como o sal
Nenhum, deixa insosso; a mais, estraga

Nada justifica a mentira
Talvez só quando evite o mal
Mas ainda assim, da verdade que se retira
Fosse necessário um sofrer providencial

A máxima, na verdade, das Leis Naturais
O que Jesus trouxe à tona como lição
À justiça divina, mentira é causa que provocais
Em nós mesmos seus efeitos se sentirão 







953

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s