Carinhos, 171

Carinhos

De todos os gestos do ser

Vindos de quem for

O quanto nos faz enternecer

É o que mais alivia a dor

 

Pedido ou concedido

Diretos ou indiretos

Se for no certo sentido

A alma e o corpo se sentem repletos

 

Quando criança queremos muito

Se vem do pai é relaxante

Parece um bálsamo no intuito

Se vem da mãe é gozo inebriante

 

Carinho sentido é remédio potente

Não só pedir, mas conceder

Na luta no bem é combustível reagente

Fornalha do amor no mais merecer

 

Quem doa o quanto tem

Quem recebe percebe o quanto falta

É quando um irmão vê de quem vem

Quando Deus nos deu o que exalta

Carinho a dar, você a melhorar

Quinto Zili

3 comentários sobre “Carinhos, 171

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s