Riscos, 242

Riscos

O risco de vida que leva à morte é mais vivo e presente do que percebe a mente no ser.

Morte como passagem, toda a vida no risco de viver.

Se morrer é todo dia um pouco, viver também é o risco de deixar de ser.

Quando a vida é só um risco, a morte não é um traço. Se a vida é só um traço o risco de morte acaba em laço.

Traçar a vida sem risco sem rabiscar a morte.

Quando correr o risco pode ser mais fácil que traçar a vida sem risco sendo forte.

A linha da vida é melhor do que o risco da morte. No traço sem risco falta no ser o norte.

Alinhar a vida sem pensar no risco da morte e traçar no pensamento que o risco de vida é grande comparado com a linha da sorte.

“O traçado da vida é o risco de viver, alinhando o traço do ser sem medo de morrer.“

Quinto Zili

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s