Existência, 9

Existência

Incomodam as noites mal dormidas. Os sonhos difíceis. O calor.

Mente se agitando sem rumo. Chicote de pensamentos. Serpente enlouquecida.

Como sabermos o tamanho do oceano escuro que vagaremos no porvir? Como teremos a distinção do real e do imaginário ao cruzarmos a ponte do último suspiro?

Quem estará lá?

Ele estará, ou, Ele é o oceano escuro, o mergulho no intenso fluido?

Deve ser lindo, ou estranho descobrir. Redescobrir. Lembrar. Relembrar.

Uma vida, uma chama que vai se apagar para ascender a alma, viva, agora sim desperta.

Deus, te agradeço minha existência.

Quinto Zili

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s