Verdades, 108

Verdades

A minha, a tua e a verdadeira.

Meu arcabouço de conhecimentos me iluminará se servir de base para minhas ações no dia a dia. Se for só a biblioteca fechada e guardada à sete chaves do meu egoísmo, sem permissão de visita ao público, pouco restará dela no tempo senão ser devorada pelas traças da cobiça e bichos da inveja.

Guardar e ter conhecimento implica na máxima responsabilidade de enterrar verdades sem abrí-las ao espírito. Se o braço não pratica, o espírito não cria o músculo do conhecimento e nem vivifica a lição.

A verdade de Deus é passada a todos da mesma maneira e eu e você ficamos discutindo e brigando pela razão de como ser felizes cada um de sua sorte mas não em harmonia de conhecimento.

Tempos modernos e a ciência colaborando envergaremos mais experiências do ser espiritual alentando a matéria a se coadunar em Jesus e seu evangelho de amor.

Amém.

Quinto Zili

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s