Cego,220

Cego

Tempo faz que tempo voa, da minha janela vejo que o sino soa, mas fico à toa se não vejo o céu, parece que sou cego, no meu olho um véu. Me apego no que não me torna morto, ou nego, não me quero torto, e saber que só sou cego quando quero, ou no aborto de quando me altero.

Viver não é fácil não. Ser são é bom, mas na verdade, de antemão, o melhor mesmo é ser sem defeito e dar-se um jeito de bater no peito e dizer sou bom de alma e não só do que sou feito. Deus me fez todo perfeito, mas sempre causo efeito, ousando no desrespeito a esse Pai que me deu o leito. E o pão a que tenho direito é feito tudo para que eu seja bom e perfeito.

Se eu fosse cego do meu corpo, talvez desse mais valor, pois quando se nasce torto tudo parece morto e só cabe mais esforço para fugir da dor.

Se a vista fosse zero, podia dizer o que mais quero e sentir pelo amor sincero que continuo filho do pai e, uai, que bom foi só a vista que não tenho mais e seguir com empenho pela pista que um dia tudo vem pelo esforço da conquista.

Quinto Zili

Máscaras, 274

Máscaras

Não sendo carnaval

Porque usar todo dia

Cara lavada não faz mal

Ou sinceridade é utopia

 

Nós humanos da Terra

Raça da inteligência

Supremacia em si encerra

Tememos o confronto na essência

 

Ser claro e despojado

Mostrar semblante altero

Orgulho é redobrado

O medo mais sincero

 

Somos dúvida pura

De tudo e todos duvidamos

Orgulho é tese segura

Abrange tudo que pensamos

 

Sem máscaras seria razoável

Alvitre e aceitação sem vaidade

Impera no entanto o insondável

O achar superior, distinta humildade

Quinto Zili

Sentir

2

Sentir

Nuvens do meu passado recobrem minhas visões do presente. Enquanto tenho o sentir da vida tenho a beleza do que quero para mim. Ontem eu não via o que queria e hoje quero tudo, mesmo o que não vejo. O agora vem com o sentir. Agora sinto e vejo o meu desejo e toco a vida de todas as maneiras. Não sofro mais, pelo que não vejo. Sofro pelo que sinto e pelo que os outros não sentem. Ver e sentir. Ser mais feliz do que sofrer.

Quinto Zili

Outro lado

13

Outro lado

Maldade, desumanidade, infelicidade.Crueldade.

Sabedoria, beleza, pureza, amizade, lealdade. Gentileza.

Lado A e lado B. Matéria e espírito. Convivência e pacificação.

Suportar o peso da roupa carnal e conviver com a sensação de que algo mais existe além da vã dureza da matéria. Ouvir o que vem do outro lado. Tão aqui, mas tão distante. Parece existir um abismo. Só que é como atravessar uma pinguela. Sequer uma ponte. Não há grandes manobras. É um piscar de olhos. Apenas que muitos ao fechar as pálpebras demoram demais a simplesmente voltar a abri-las com medo do que se apresentará. Apenas o lado B, o reverso, os bastidores da vida, o texto original a ser relido, a conversa verdadeira deixada de lado por uma inteira vida.

Consciência.

Paz.

Quinto Zili

Fluido cósmico

10

Fluido Cósmico

Cúpula do universo, a luz suprema, energia máxima, início e fim de tudo.

Minha oração, conexão com a luz me une a esta energia magna.

Me alinho ao caudal do fluxo celestial , viajando com meu pensamento. Sinto o pulsar da vida. A essência.

Da minha raiz física, em troca com a terra mãe, se estende a seiva alimentadora.

Peço a paz interior. É o limite da compreensão para ativar tudo em meu ser. Só me completa quando se instala essa magia cósmica dentro de mim.

Paz, sabedoria do viver. Tudo, completude, plenitude.

Amém.

Quinto Zili