Guilherme

Oi Gui, querido filhão

Hoje é dia de tua comemoração

Dia de celebrar

Do teu nascer despertar

 

A vida te trouxe a nós

Teus pais em família

Recebemos teu sorriso e simpatia

Teu olhar azul de príncipe que desafia

 

É um trabalhador fiel

Um guerreiro de muitas  batalhas

Para mim um Guilherme Tell

Sincero, íntegro e honesto, no mundo de almas falhas

 

Parabéns filho amado

Por este e todos anos anteriores

Desculpa o pai por ser tão calado

Que te ama quieto e sente tuas dores

 

Continua na busca do amor

O verdadeiro e o inteiro

Amar também é conhecer a dor

Na vida nem tudo é passageiro

 

Cuida do corpo e da alma

Ouve teu espírito contigo falar

Até a ansiedade encontra a calma

Mazal Tov, quero te desejar

Pai