Meu teto em Brumadinho

A casa caiu

Foi levada

Lavada, tragada

Sumiu

 

Meu teto se foi

Construção desabou

Nada sobrou

Até morreu meu boi

 

E a plantação

Tudo findou

A lama desolou

Me resta a renovação

 

Mas, de mim, onde estou

O pesadelo é real

Meu corpo também passou

Acho que estou em outro astral

 

Está difícil entender

O que devo fazer

Me socorre meu Deus

E a todos os meus

 

Não sou coitadinho

Não vale assim me ter

E meu teto em Brumadinho

Esse nunca mais irei ver

Quinto Zili

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s