Calor

Um vulcão eclodindo

Suas brasas e lavas

O que vem do fundo da Terra

Calor máximo que se encerra

 

Muita pressão

Em compasso de espera

Vem à tona e supera

O momento da erupção

 

Como se vê na química

Calor é parte das reações

Elementos em atração dinâmica

Desprendem energias em profusões

 

Nas relações humanas do ambíguo

No intelecto do ser indivíduo

Calor como sensação indutiva

Amor, vergonha, onda de calor instintiva

 

Sem excesso o calor é alimento

No amor o máximo acalento

Na dor remédio ao sofrimento

Calor a nos tirar da indiferença e do relento

Quinto Zili

525

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s