Silêncio

A máxima é que é uma prece

Que por esforço se estabelece

Placas avisando e tudo mais

Por vezes ter que se pedir aos demais

 

Em tumultos não tem como

Só se o silêncio for interior

Que é hábito difícil no extremo

Não embarcar a mente no mundo exterior

 

Não é fácil para a maioria

Silêncio é como o ar que se respira

Não pode faltar a ninguém

Tampouco ser privilégio de alguém

Quinto Zili

1150

Silêncio, 252

 

Silêncio

Quietude é aliança

Paz na boa conversa

Fonte de temperança

Da turbulência, adversa

 

O silêncio facilita

O mergulho interior

Tranquilidade possibilita

Te encontrar com o superior

 

Mas silêncio só externo

Não resolve tudo não

Precisa aquietar o pensamento

Relaxar a interna tensão

 

O motivo vem de dentro

São coisas de vidas lá de trás

É remoque de outro tempo

Faz barulho, se mantém vivaz

 

Deixa a porta sempre aberta

Para tudo melhor fluir

Porém mantém o aviso de alerta

Pensar no bem para o mal se evadir

Quinto Zili